Quem sou eu

Minha foto
Rio de Janeiro, Rj, Brazil
Meu nome é cláudia. Sou professora comprometida com a obra de Deus. Quero dividir com vocês minhas experiências no ministério infantil!!!!!

slide

sábado, 29 de maio de 2010

ATIVIDADES PARA EBD JUNIORES


AS BEM-AVENTURANÇAS
Mateus 5.3-12


AS BEM-AVENTURANÇAS O que são as Bem-Aventuranças?
Elas são de um lado as Be-Atitudes – atitudes que deveríamos ter.
Uma atitude é a maneira como mostramos nosso modo de pensar ou sentir sobre algo. Uma beatitude é o pronunciamento de alguma bênção ou felicidade que virá sobre nós quando permitirmos que Deus molde nossos pensamentos e sentimentos.

Quando Jesus fez o Sermão do Monte (Mateus 5.7), Ele deu algumas beatitudes, cada uma começando com a palavra bem-aventurado, ou feliz.
A pessoa abençoada é favorecida por Deus, recebendo dEle certos benefícios.
Existe um tipo de especial de felicidade que surge quando sabemos que Deus se agrada de nossas atitudes. Um menino pronto a dar a primeira lambida num sorvete pode dizer: “Isto vai me fazer feliz”. Mas, o que acontece quando o sorvete acaba?

A felicidade de Deus é duradoura. Ela começa quando recebemos Jesus como Salvador. A felicidade permanente de Deus não é apenas riso e prazer quando tudo vai bem, mas paz e esperança que lhe dão alegria mesmo nas dificuldades.
Podemos ter essa alegria quando sabemos que Deus perdoa os nossos pecados e nos deu a Vida Eterna. Uma vez que tenhamos fé no Senhor Jesus Cristo, as bênçãos pronunciadas aqui podem começar a transformar a nossa vida.

Jesus ensinou que se tivermos certas atitudes vamos ser felizes – as congratulações virão. Quando mostrarmos cada uma dessas atitudes certas, o Senhor irá felicitar-nos mediante resultados especiais. Por exemplos, se você for “humilde de espírito”, tem a promessa do “reino dos céus”. O que isto significa? Vamos examinar cuidadosamente as oito bem-aventuranças.

 


1* Bem- aventurança

  1. “Bem-aventurados os humildes de espírito, porque deles é o reino dos céus.”Ser pobre é não possuir algo que se precisa. A pessoa “pobre” (humilde) de espírito, admite voluntariamente sua necessidade espiritual. Ela compreende que lhe falta algo na vida. (Na verdade, Alguém está faltando).
    Quando admitimos nossa necessidade espiritual, estamos prontos para receber Aquele que irá satisfazer essa carência, o Senhor Jesus Cristo. Então, nos tornamos parte do reino de Deus e podemos ter a certeza de compartilhar o Céu com Ele (Lucas 12.32).
Responda:
O que temos de fazer, para fazermos parte do reino de Deus?


2* Bem- aventurança
  1. “Bem-aventurados os que choram, porque serão consolados.”
    Gina chorou por não gostar do café da manhã.
    Chorou por não apreciar as roupas que a mãe comprou para ela.
    Chorou quando a professora fez uma pergunta difícil e quando fez prova de matemática.
    Jesus não estava, porém, falando desses tipos de tristeza.
    Certo dia Gina ouviu: “Jesus morreu pelos seus pecados”. Ela então chorou por ter ficado realmente triste com seus pecados. Era pecado desobedecer à mãe e querer impor a sua vontade. Era até pecado chorar tanto. Este era o choro a que Jesus se referia – ficar triste com os pecados. Gina foi consolada quando confiou em Jesus para perdoá-la. Todos os que aceitam Jesus como Salvador recebem o grande consolo do perdão dos pecados.
    Jesus prometeu também enviar aos salvos um Consolador ou Auxiliador, o Espírito Santo, para ser nosso Companheiro constante e ajudar-nos em momentos de problemas e perdas (João 14.16,17). É também muito reconfortante saber que algum dia, no Céu, não vai haver nenhum choro (Apocalipse 21.4). Este será um tempo realmente feliz.

Responda: Porque Gina estava verdadeiramente tão triste?
________________________________________________
Escreva dentro do desenho tudo aquilo que trás alegria ao teu coração e o decore lindamente!



3* Bem- aventurança

Bem-Aventurados os mansos, porque herdarão a terra.”
Ser manso é muito diferente de ser fraco.
Decidir ser manso – amável, humilde, submisso – exige força.
A mansidão vem quando nos vemos pela ótica de Deus.
Deixamos de fazer exigências. Deixamos de querer o primeiro lugar. Aceitamos as situações difíceis como vindas de Deus e fazemos o nosso melhor apesar delas.
A mansidão nos capacitará a desenvolver relacionamentos cordiais, satisfatórios, com outros e nos liberará para desfrutarmos de uma ‘herança’ especial de Deus, a quem tudo pertence (Salmos 50.10- 12).
Quando deixamos de nos concentrar nas coisas pessoais e aceitamos o que Deus decide dar-nos, ficamos livres para “possuir” todas as coisas – usufruir a beleza e fartura da terra que nos rodeia – sol e ar fresco, boa alimentação, família e amigos, boa saúde. Podemos então aproveitar a vida ao máximo.
Algum dia iremos estar junto ao Senhor quando Ele julgar os perversos e estabelecer o seu reino na terra.




4* Bem- aventurança
Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque serão fartos.”
Você já ficou com tanta fome que não conseguiu esperar pela hora da refeição? Ou com tamanha sede que precisou tomar um copo d´água imediatamente? Assim como o corpo precisa de alimento e água, o seu “eu” interior (sua alma e espírito) necessita de algo para satisfazê-lo.
Alguns pensam que o dinheiro satisfaz.
Outros acham que precisa do prazer.
Jesus diz que a única coisa que pode satisfazer a sua fome e sede interior é a justiça, isto é, agir corretamente.
Você quer fazer o que é certo?
Jesus pode ajudá-lo nisso.
Quando você O recebe, Ele lhe dá a Sua justiça (2 Coríntios 5.21) e depois nos dá o poder de viver retamente.
Se tiver fome e sede de justiça, vai ler a Palavra de Deus e orar.
Terá prazer em estar com outros salvos na igreja e na Escola Dominical.
Quando buscar a Deus e agir como deve, vai sentir grande satisfação íntima; será abençoado com a verdadeira felicidade.
Mas, ficar “satisfeito” por agir bem será como comer uma sobremesa deliciosa. Você desejará repetir o prato por ser muito bom




5* Bem- aventurança
(5) “Bem-aventurados os misericordiosos, porque alcançarão misericórdia.”
Mostrar misericórdia significa não castigar alguém mesmo que mereça.
Os misericordiosos são aqueles que perdoam outros e mostram a eles bondade que não merecem. Essas pessoas não olham os demais com superioridade nem os condenam.
Ser misericordioso significa dar parte de uma mesada a uma família pobre, ser amigo de alguém que seja objeto de riso dos seus vizinhos, ou ser paciente com o irmãozinho pequeno quando ele quebra um de seus brinquedos.
Por que devemos mostrar misericórdia?
Porque Deus tem sido misericordioso para conosco.
O Senhor Jesus aceitou o castigo pelo seu pecado e o meu quando morreu na cruz. Depois que receber a Ele, Jesus vai ajudá-lo a ser misericordioso para com outros em piores condições que você ou para com os que ofendem ou decepcionam.
Deus promete uma bênção especial aos misericordiosos: eles vão receber misericórdia de uma forma ou de outra (2 Samuel 22.26; Eclesiastes 11.1).
Se você então mostrar misericórdia, não se surpreenda quando outros forem misericordiosos para com você




6* Bem-aventurança
6) “Bem-aventurados os limpos de coração, porque verão a Deus.”
Os judeus dos dias de Jesus davam muito valor à pureza ou limpeza, mas toda a sua ênfase estava nas coisas externas (Mateus 23.25).
Jesus voltou Sua atenção para o íntimo. Ele disse que Deus dá valor aos corações limpos. Não podemos tornar puros nossos corações, só Jesus tem poder para isso (Provérbios 20.9; 1João 1.7).
Jesus promete que os que permitirem que Ele os limpe do pecado verão a Deus.
Quando esta vida terminar, conheceremos a perfeita felicidade de viver para sempre na presença de Deus.
Há também um meio dos salvos “verem” a Deus agora.
Quando cometer um erro, confesse seu pecado a Deus (1 João 1.9). Fique perto dEle ao ler a Sua Palavra e conversar com Ele em oração. Quando seu coração é puro, você pode “ver” Deus trabalhando na sua vida.





7* Bem-aventurança
(7) “Bem-aventurados os pacificadores, porque serão chamados filhos de Deus.”
Você já viu alguma vez pai e filho tão parecidos que as pessoas dizem: “É fácil ver que ele é filho daquele homem!”
Quando outros olham para a sua vida, eles dizem: “Esse menino ou menina é filho de Deus”. Talvez digam, se você for pacificador.
Os pacificadores “promovem a paz” entre os inimigos. Quando fazemos isso nos assemelhamos a Deus.
Um meio de ser um pacificador é contando a outros como ter a paz com Deus mediante Seu Filho Jesus.
Você pode também ajudar a manter a paz com seus amigos, sendo verdadeiro e bondoso, mantendo-se calmo quando alguém quer começar uma briga.
Ter paz com Deus e com outros lhe trará grande felicidade (Tiago 3.17,18).





8* Bem- aventurança
(8) “Bem-aventurados os perseguidos por causa da justiça, porque deles é o reino dos céus.”
Lemos em 2 Timóteo 3.12: “Todos quantos querem viver piedosamente em Cristo Jesus serão perseguidos” [tratados com aspereza e crueldade!].
Os salvos podem evitar a perseguição vivendo como o mundo – rindo de piadas sujas, participando de brincadeiras perversas, não dizendo nada sobre o Senhor Jesus e o que Ele fez em favor deles.
Mas, então, não teremos a bênção mencionada por Jesus.
Você pode ficar feliz quando alguém caçoa de você por estar agindo certo?
Deus diz que pode.
É difícil ser maltratado por fazer o que deve, mas o Senhor Jesus nos deixou um exemplo (1 Pedro 2.21) e uma promessa para nos manter fiéis (Romanos 8.18).
Quando as pessoas rirem ou tentarem ofendê-lo por agir bem, pense nos dias felizes que terá no Céu. As dificuldades duram algum tempo, mas o Céu vai durar para sempre! 








 











Nenhum comentário:

Postar um comentário